Bogotá recebe a segunda edição do Seminário Internacional Big Techs, Informação e Democracia

A capital da Colômbia, Bogotá, receberá nos dias 6 e 7 de junho o “II Seminário Internacional Big Techs, Informação...Continue lendo »

Jul 8, 2024 - 08:27
 12
Bogotá recebe a segunda edição do Seminário Internacional Big Techs, Informação e Democracia

A capital da Colômbia, Bogotá, receberá nos dias 6 e 7 de junho o “II Seminário Internacional Big Techs, Informação e Democracia”, onde especialistas da América Latina discutirão – em quatro mesas e duas reuniões de trabalho – caminhos para a regulação democrática das grandes plataformas digitais, a regulação econômica das big techs, o impacto dos algoritmos de recomendação no jornalismo e no pluralismo, assim como o uso da inteligência artificial (IA) nos espaços de informação e comunicação.

A atividade é organizada pela OBSERVACOM e o Fórum sobre Informação e Democracia (Fórum I&D), com o apoio de Intervozes, Canal Trece, Luminate e a Fundação para a Liberdade de Imprensa da Colômbia (FLIP). As atividades serão realizadas no Hotel Rosales Plaza.

Durante a manhã de cada dia, ocorrerão duas mesas de diálogo abertas ao público mediante inscrição prévia, que serão transmitidas ao vivo no canal de YouTube da OBSERVACOM. À tarde, serão realizados grupos de trabalho fechados para tratar das temáticas abordadas em cada painel.

Programação

Na quinta-feira, 6 de junho, às 8h30 (GMT-5), será realizada a abertura do Seminário, conduzida por Camille Grenier, diretor de operações do Fórum I&D, e Gustavo Gómez, diretor executivo da OBSERVACOM.

Em seguida, às 9h, acontecerá a mesa “Iniciativas de regulação democrática das grandes plataformas digitais”, com a participação de Maricarmen Sequera da TEDIC (Paraguai); Raquel Saraiva, da Coalizão Direitos na Rede (Brasil); Sebastián Salamanca, coordenador do projeto Social Media 4 Peace Colombia da UNESCO; Ana Bejarano, de El Veinte (Colômbia); e Javier Pallero, que participa da campanha “Mais poder para as pessoas, menos poder para as plataformas digitais”, iniciativa latino-americana de regulação lançada durante o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa deste ano.

No mesmo dia, às 11h, ocorrerá o painel “Algoritmos, notícias e pluralismo nas redes sociais”, com a presença de Luisa Isaza, da FLIP (Colômbia); Carolina Martínez Elebi (Argentina) do OBSERVACOM; Patricia Díaz, da Datysoc (Uruguai); Carlos Cortés, da Linterna Verde (Colômbia); e Adriana Hurtado, da Federação Colombiana de Jornalistas (FECOLPER).

O Seminário continuará com os espaços de debate na sexta-feira, 7 de junho, com a mesa “Regulação econômica das plataformas digitais para a diversidade e o pluralismo na Internet”, às 9h, com a participação de Ana Claudia Mielke, do Intervozes (Brasil); Pedro Isaac Alcalá, da Comissão Federal de Concorrência Econômica do México (COFECE); Sandra Urrutia, ex-ministra do Ministério de Tecnologias da Informação e Comunicações da Colômbia (MINTIC); Paulo Lara, da Artigo 19 (Brasil); e Guillermo Mastrini, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Mais tarde, às 11h, será realizada a última mesa “IA como bem público: garantindo o controle democrático da IA no espaço da informação”, onde serão discutidos os temas abordados no relatório do Fórum I&D com o mesmo nome da atividade. Participarão Juan Diego Castañeda, da Karisma (Colômbia); Amalia Toledo, da Wikimedia (Colômbia); Lucía León, da Hiperderecho (Peru); Juan Ramos Marín, da Universidade Javeriana da Colômbia; e Camila Leite, do Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC) do Brasil.

Você pode acessar a programação completa neste link.

What's Your Reaction?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow